Projecto

Procurar no texto: Liderança e Inovação nas Organizações Económicas
Coordenador: Manuel Gaspar Silva Lisboa
Investigadores: Ana Roque Dantas
Investigadores Não Pertencentes ao CESNOVA:

Jack Barbalet

Resumo:

Este estudo decorre de duas constatações: a inovação é um factor determinante para o desenvolvimento de Portugal; o seu sucesso depende da acção dos líderes das organizações que implementam a inovação. Tem por finalidade estudar o papel da liderança nos processos de inovação nas organizações económicas. Situa-se na confluência de três áreas disciplinares: Sociologia Económica, das Organizações e das Inovações.

Objectivos:
- Identificar e analisar os factores organizacionais das empresas e socioculturais das suas lideranças que podem facilitar/dificultar a inovação. Analisar-se-ão características da liderança como a capacidade de correr riscos, de resistir à mudança, de planear e racionalizar a acção, de mobilizar e dinamizar recursos (humanos e materiais) e aspectos relativos aos perfis socioculturais dos dirigentes (género, idade, instrução e estilos de vida). Dar-se-á atenção à relação entre os processos de socialização desde a adolescência  e ao desenvolvimento das capacidades de liderança. Igualmente se dará importância a indicadores de desenvolvimento organizacional, na gestão financeira, na organização da produção, na gestão comercial, no desenvolvimento tecnológico e na gestão de RH;
- Comparar a liderança das empresas que inovam e das que não inovam de 3 sectores de actividade económica;
Compreender de que modo diferentes contextos podem afectar os processo de inovação através da análise comparativa entre empresas de 3 regiões com níveis de desenvolvimento económico diferenciados;
- Construir indicadores de liderança que se articulem com os obtidos através de observações macro dos CIS e que permitam um apoio mais especializado e informado à decisão;
- Contribuir para a formação avançada de RH.

A originalidade deste projecto reside na ênfase dada ao papel das lideranças e à forma de ultrapassar os constrangimentos e desenvolver os potenciais do meio envolvente no sentido da inovação e do desenvolvimento sustentável.
Seguir-se-á uma estratégia de investigação que permita a análise comparativa articulando instrumentos metodológicos diferenciados em função da especificidade dos objectos de estudo e a observação gradual de uma realidade complexa ao nível do conteúdo e da acessibilidade aos agentes sociais envolvidos. A metodologia desenvolve-se em 2 dimensões: articulando as abordagens quantitativas (inquérito sociológico) com as qualitativas (entrevistas); observação macro, de âmbito mais global, aprofundada ao nível micro, a partir da análise de alguns casos tipo, utilizando um sistema integrado de informação com indicadores económicos, sociais e culturais de natureza qualitativa e quantitativa, devidamente regionalizados. Este estudo centra-se na análise dos factores que potenciam ou dificultam a inovação em diferentes contextos – regionais, económicos, organizacionais e socioculturais –pelo que a acção das lideranças pode ser a esse nível determinante no sucesso ou insucesso do processo.

Palavras-chave:
Grupos de Trabalho: GT4 - Dinâmicas, Identidades e Acção Social,
Data de ínicio: 01 de Junho de 2005
Previsão de fim: 31 de Outubro de 2009
Parcerias:

Observatório da Ciência e Ensino Superior (OCES)

Entidades Financiadoras:

Fundação para a Ciência e Tecnologia

29 de Junho 2011

 
 Level A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Acessibilidade[D] Concepção e desenvolvimento: Plug & Play