Projecto

Procurar no texto: ESCXEL: rede de escolas de excelência
Coordenador: José David Gomes Justino
Investigadores:

Eva Patrícia Duarte Gonçalves
Luísa Franco
Rui Manuel Leitão da Silva Santos
Susana Paiva Moreira Batista
Teresa Maria dos Santos Pimentel
Investigadores Não Pertencentes ao CESNOVA:

José António Tenedório

Resumo:

Recorremos à definição de Excelência de Aristóteles – “Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito” para clarificar que a nossa missão é elevar todos os alunos no seu desempenho trabalhando com todos aqueles que fazem parte das “nossas” escolas ESCXEL, numa constante e persistente busca de melhores soluções, melhores processos e melhores desempenhos que sejam consistentes com o potencial que cada aluno, cada escola e que cada comunidade demonstra ter.

Continuamos a considerar que a responsabilidade dessa procura constante de melhorar, para nós a excelência educativa, não é da única responsabilidade das escolas e professores. É uma responsabilidade de toda a comunidade escolar alargada, onde estão também incluídos as famílias, as autarquias, as empresas, as instituições de solidariedade social, os meios de comunicação, os investigadores, os próprios alunos, entre muitos outros que possam trazer mais-valias para as escolas.

A Rede ESCXEL funciona como uma parceria entre os investigadores do projeto ESCXEL, os Municípios da Amadora, Batalha, Castelo Branco, Constância, Loulé, Mação,  Oeiras, Sardoal e Vila de Rei e os seus Agrupamentos escolares e Escolas não agrupadas do ensino público, num total de 40.

Terminada a primeira fase do projeto (2008/2009 – 2011/2012), e após realizada uma avaliação por todos os intervenientes no projeto, as entidades financiadoras decidiram avançar para a segunda fase de implementação na qual, tendo em conta o trabalho desenvolvido e a experiência acumulada da primeira fase e, como não pode deixar de ser, de acordo com as tendências observadas na educação e nos sistemas educativos, que estão descritas no ponto seguinte, nos propomos atingir os seguintes objetivos:

1. Desenvolver modelos de organização escolar (planeamento, implementação e monitorização) através das seguintes ações:

- Dar formação sobre a construção dos projetos educativos no seguimento do Manual já publicado pela Rede;

- Criar modelos de monitorização e autoavaliação promovendo a criação de indicadores e benchmarks;

- Identificar e difundir “boas práticas” através da realização dos Seminários concelhios;

- Testar e monitorizar novos modelos de organização escolar, nomeadamente na constituição de turmas.

2. Desenvolver estratégias e planos de desenvolvimento através do maior conhecimento das realidades educativas locais:

-Recolher e produzir informação sobre as escolas e contextos envolventes;

- Construir indicadores que ponderem a análise e a comparação dos resultados escolares em função dos contextos socioeconómicos;

- Utilizar esta informação para o planeamento das redes escolares locais, nomeadamente na elaboração dos Planos de Desenvolvimento Educativo.

3. Explorar o subsistema das vias profissionalizantes disponíveis na Rede:

- Mapear a oferta existente nas escolas da Rede;

- Equacionar as necessidades de mercado de trabalho e as expetativas de alunos e famílias;

- Avaliar este subsistema e desenvolver estratégias que contribuam para a sua melhoria.

4. Dar continuidade à qualificação das aprendizagens com especial atenção à focagem nas práticas de sala de aula.

5. Produzir conhecimento científico sobre as dinâmicas educacionais, sociais e culturais locais:

- Publicar em forma de artigo os resultados científicos, em revistas nacionais e internacionais;

- Desenvolver teses de mestrado e doutoramento resultantes do trabalho no projeto.

6. Alargar a rede de colaborações nomeadamente a outras escolas, centros de formação e outras redes nacionais orientadas para a qualificação das aprendizagens e  a promoção do sucesso educativo.

7. Procurar o estabelecimento de parcerias com redes internacionais de forma a enriquecer a experiência colaborativa e o aprofundamento científico do conhecimento adquirido. 

Palavras-chave:
Grupos de Trabalho: GT1 - Modernidade Portuguesa e Sociologia Histórica Comparada,
Data de ínicio: 2008
Previsão de fim: 2017
Parcerias:

- Câmara Municipal da Amadora

        Agrupamento Alfornelos

        Agrupamento Almeida Garrett

        Agrupamento Cardoso Lopes

        Agrupamento Amadora Oeste

        Agrupamento D. João V

        Agrupamento Damaia

        Agrupamento Dr. Azevedo Neves

        Agrupamento José Cardoso Pires

        Agrupamento Mães d’Água

       Agrupamento Miguel Torga

       Agrupamento Pioneiros da Aviação Portuguesa

       Agrupamento Amadora 3

- Câmara Municipal da Batalha

      Agrupamento de Escolas da Batalha

- Câmara Municipal de Castelo Branco

       Agrupamento Afonso de Paiva

       Agrupamento Amato Lusitano

       Agrupamento Nuno Álvares

       Agrupamento José Sanches-São Vicente

- Câmara Municipal de Constância

       Agrupamento de Escolas de Constância

- Câmara Municipal de Loulé

       Agrupamento de Escolas Engº Duarte Pacheco

       Agrupamento de Escolas Padre Coelho Cabanita

       Agrupamento de Escolas Almancil

       Agrupamento de Escolas Drª Laura Ayres

       Escola Secundária de Loulé

- Câmara Municipal de Mação

       Agrupamento de Escolas Verde Horizonte

- Câmara Municipal de Oeiras

       Agrupamento de Escolas Aquilino Ribeiro

       Agrupamento de Escolas de Carnaxide

       Agrupamento de Escolas de Carnaxide-Portela

       Agrupamento de Escolas de Santa Catarina

       Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos

       Agrupamento de Escolas de São Bruno

      Agrupamento de Escolas Conde de Oeiras

      Agrupamento de Escolas São Julião da Barra

      Agrupamento de Escolas Linda-a-Velha e Queijas

      Agrupamento de Escolas de Miraflores

    - Escola Secundária com 3º ciclo Quinta do Marquês

- Câmara Municipal do Sardoal

       Agrupamento de Escolas do Sardoal

- Câmara Municipal de Vila de Rei

       Agrupamento de Escolas de Vila de Rei

Entidades Financiadoras:

- Câmara Municipal da Amadora

- Câmara Municipal da Batalha

- Câmara Municipal de Castelo Branco

- Câmara Municipal de Constância

- Câmara Municipal de Loulé

- Câmara Municipal de Mação

- Câmara Municipal de Oeiras

- Câmara Municipal do Sardoal

- Câmara Municipal de Vila de Rei

04 de Abril 2014

 
 Level A conformance icon, W3C-WAI Web Content Accessibility Guidelines 1.0 Acessibilidade[D] Concepção e desenvolvimento: Plug & Play